97 News
publicidade
 
Vídeo em Destaque
 
Malhada de Pedras: Moradores do loteamento Urbis 4 querem o termino das obras
 
Mais vídeos
 
publicidade
 
Facebook
 
publicidade
 
Resultado da busca pela categoria "brasil":
12.Abr.2017 - 06:26
 
Câmara adia votação do PLP 343 pela segunda vez esta semana
 

(Foto: Reprodução)
 

Após prolongada obstrução da oposição, pela segunda vez esta semana, a Câmara dos Deputados, adia a votação do Projeto de Lei Complementar 343/17, do governo Michel Temer, que cria o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados e do Distrito Federal.Articulado pelo deputado federal Afonso Florence, a oposição defende o substitutivo, por ele apresentado, que autoriza a renegociação das dívidas sem impor arrocho salarial aos servidores, retirada de benefícios previdenciários e privatizações. A medida de Temer prevê a suspensão temporária das dívidas e das restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), por até seis anos, a partir da adesão do estado a um plano de contrapartidas, entre as quais a elevação da alíquota de contribuição previdenciária de servidores de 11% para 14%, o congelamento de reajustes salariais e a restrição à realização de concursos públicos.O parlamentar lembra que já tinham derrotado o PLP 257, e eles [governo] voltam a apresentar para 343. “Em um dos três requisitos cumulativos propostos pelo Deputado Pedro Paulo (PMDB/RJ) os Estados têm que ter atingido a dívida líquida consolidada e os salários dos servidores em 70% da RCL. No nosso, basta 35%”, pontua. O substitutivo apresentado por Florence propõe que todos os outros Estados possam renegociar as suas dívidas e, se fizerem um plano de ajuste fiscal, poderão ter um rebate de até 50% nas suas mensalidades. Além disso, terão que apresentar ao Governo Central uma proposta de rigor fiscal, sem necessariamente arrochar os salários de servidores públicos estaduais, do Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública, de policiais militares, de professores e de policiais civis. “Quem defende o texto do Governo defende arrocho salarial, entrega do patrimônio público, a iniciativa privada, num momento de baixa de preços. No nosso substitutivo, os Estados serão obrigados a apresentar um plano de ajuste sem necessariamente privatizar e sem necessariamente fazer arrocho salarial”, completa Afonso.

 
(0) comentário(s)
publicidade
11.Abr.2017 - 17:58
 
Fique ligado: A terceirização já está em vigor
 

(Imagem Ilustrativa)
 

Sancionado na última sexta-feira (31) pelo presidente da República, o Projeto de Lei nº 4.302/98, que versa sobre a terceirização, já está vigorando. Agora, qualquer atividade exercida, tanto na esfera pública quanto privada, pode ser terceirizada. Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, a ampliação das possibilidades de contratação do serviço terceirizado representa a desburocratização nas relações entre empregado e empregador, além de favorecer a eficiência no mercado de trabalho. “A terceirização é fundamental porque é uma forma do setor produtivo melhorar sua eficiência por meio da especialização. As novas regras também impulsionarão a geração de novos empregos impulsionando esse movimento da retomada da economia nacional”, destacou Pinheiro. “Apesar de toda polêmica que envolveu a terceirização, todos os direitos serão mantidos e os benefícios dos trabalhadores continuam sendo garantidos pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT)’, completou o presidente.

 
(0) comentário(s)
publicidade
11.Abr.2017 - 07:37
 
Fórum da Reforma Trabalhista: Juristas e sindicalistas baianos debatem projeto de Temer
Joana d'arck Cunha Santos
 
 

(Foto: Divulgação)
 
O sexto Fórum Estadual realizado pela Comissão da Reforma Trabalhista da Câmara Federal aconteceu hoje (10) na Bahia, em Salvador, quando representantes da Justiça e do Ministério Público do Trabalho, lideranças sindicais e dos movimentos sociais reunidos no Plenarinho da Assembleia Legislativa da Bahia debateram o projeto de lei 6.787/16. Aliado à terceirização, sancionada no último 31 de março, e a reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, a Reforma Trabalhista proposta pelo Governo Temer completa um plano "perverso", que precisa ser barrado, segundo sindicalistas. O relator do PL da Reforma Trabalhista, Rogério Marinho (PSDB-RN) já quer apresentar o seu parecer já na próxima quarta-feira (22), com o agravante de que a comissão especial criada para analisar o PL tem prerrogativa de aprovar sem precisar encaminhar a proposta ao plenário. 
Continue lendo...
 
(0) comentário(s)
publicidade
10.Abr.2017 - 08:01
 
Pelegrino projeta PSB e Lídice fora da chapa governista em 2018
 

Foto: Agência Câmara
 

Em análise de possíveis cenários para as eleições de 2018, o deputado federal Nelson Pelegrino avaliou em entrevista à Tribuna que a senadora Lídice da Mata deve ficar fora da provável chapa majoritária encabeçada pelo governador Rui Costa (PT).“Eu penso que o governador Rui Costa na cabeça, o ex-governador Jaques Wagner para uma vaga no Senado, e as outras vagas, uma do PP e a outra do PSD. Evidente que temos a senadora Lídice, que pleiteia e tem legitimidade, tem que ser considerada. Mas eu penso que o núcleo básico é um núcleo que envolva o PT, o PSD e o PP”, disse Pelegrino. deputado acredita que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), vai “reconsiderar” a ideia de ser candidato. “Ele está vendo que Rui está bem em Sa vador, que Rui está bem no estado. Eu não descartaria a possibilidade de o prefeito ACM Neto reavaliar essa possibilidade de ser candidato a governador”. Sobre o governo de Michel Temer (PMDB), o deputado fulmina: “É um desastre”. 

 
(0) comentário(s)
09.Abr.2017 - 10:35
 
Mulher morre após carro explodir quando abastecia em posto de gasolina
Informações do G1
 
 

Acidente aconteceu na noite deste sábado (8). Carro ficou destruído após explosão (Foto: Reprodução)
 

Uma mulher morreu e outras três pessoas ficaram feridas na noite deste sábado (8) depois que um carro explodiu em um posto de combustíveis em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima estava dentro do carro no momento do acidente. A mulher chegou a ser socorrida para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Outras três pessoas que estavam no veículo também foram encaminhadas para unidades médicas, mas os estados de saúde não foram divulgados. Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, a explosão aconteceu após o carro ser abastecido com gás natural. As causas do acidente, no entanto, ainda não foram divulgadas.

 
(0) comentário(s)
publicidade
08.Abr.2017 - 10:14
 
Pastor é preso acusado de estuprar menina de 12 anos para ‘quebrar feitiço’
 

Ele mandava mensagens para jovens dizendo que elas precisavam fazer sexo com “homem de Deus” para tirar feitiço do corpo (Foto: Reprodução)
 

Um pastor de 47 anos foi preso em Campos Novos, em Santa Catarina, na quinta-feira (6), acusado de estuprar uma menina de 12 anos que frequentava a igreja dele. Além disso, ele é suspeito de enviar mensagens para outras duas garotas, na tentativa de abusar delas também. Segundo investigação policial, o pastor convenceu a menina de que ela estava enfeitiçada e deveria ter relações sexuais com ele para resolver o problema. O pastor disse à menina que Deus iria dar a ela uma missão. Dias depois, ele enviou uma mensagem para o celular da garota afirmando que ela sofria com um feitiço e que para quebrá-lo precisava ter relações sexuais pelo menos sete vezes com um homem de fé que fosse casado. Ela então o procurou em busca de orientação e os abusos aconteceram. O delegado Luis Eduardo Machado Córdova afirmou que a situação aconteceu no ano passado. Depois de estuprar a menina, ele tentou ainda abordar duas outras. Confira a reportagem: 

 
 
(0) comentário(s)
publicidade
08.Abr.2017 - 08:28
 
Acumulada, Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 36 milhões neste sábado (08)
 

(Divulgação)
 

Um novo sorteio da Mega-Sena será realizado, neste sábado (8), pela Caixa Econômica Federal (CEF), no município de Cantagalo, no Rio de Janeiro. O prêmio agora é de R$ 36 milhões para o apostador que acertar as seis dezenas. O sorteio do concurso 1.919 vai ser iniciado às 20h. A probabilidade de ganhar varia com o número de dezenas jogadas e o tipo de aposta realizada. Com uma aposta mínima de R$ 3,50, por exemplo, a probabilidade de levar o prêmio é de 1 em 50.063.860. Já para uma aposta com 15 dezenas, que é o máximo permitido, com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de ficar milionário é de 1 em 10.003. Os jogos podem ser feitos em qualquer lotérica do país até às 19h do dia do sorteio.

 
(0) comentário(s)
publicidade
08.Abr.2017 - 07:52
 
Governo discute norma para barrar mais de um sindicato por categoria, diz ministro
Por Fábio Amato e Alexandro Martello, G1, Brasília
 
 

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, durante audiência da Comissão Especial da Reforma Trabalhista na Câmara (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)
 

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, afirmou, em entrevista ao G1, que o governo discute uma regulamentação com o objetivo de impor restrições ao registro de sindicatos criados para representar parcela de uma categoria já representada por outro sindicato em atividade. Nogueira disse que "está sendo avaliado" se essa regulamentação também atingiria sindicatos em funcionamento que se enquadram nesse mesmo perfil. "Tem sindicato constituído por categoria e tem sindicato por estabelecimento de negócio. Por exemplo: comerciário que trabalha em uma loja de determinada marca em um shopping é o mesmo comerciário que trabalha [em lojas] na rua. Não pode ter sindicato dos trabalhadores do shopping e da rua", disse o ministro. De acordo com Nogueira, para autorizar a criação de novos sindicatos o ministério observará o princípio constitucional da unicidade sindical. "Se fugir disso [se a categoria já estiver representada por outro sindicato], não pode se criar um sindicato", afirmou. Questionado se a regulamentação atingiria somente novos pedidos de criação de sindicatos ou também aqueles em atividade, o ministro primeiro afirmou que "a lei vigora a partir da sua promulgação". Assim, somente novos pedidos seriam alvo da restrição. Mas depois Nogueira disse que "está sendo avaliado" se a restrição poderá atingir também os sindicatos já em atividade ou autorizados a funcionar. De acordo com o Ministério do Trabalho, o Brasil tem atualmente 16.517 sindicatos com cadastro ativo. Desses, 11.327 representam trabalhadores e 5.190 são patronais. Questionado a respeito da posição do governo sobre a contribuição sindical, que está entre os temas que podem ser incluídos pelos deputados dentro dos debates da reforma trabalhista, Nogueira disse que o governo "não vai se manifestar sobre isso no momento." "O governo está trabalhando para criar um marco regulatório da atividade sindical, propondo a criação de um conselho de autorregulação, com deliberação bipartite [representantes de empregados e empregadores]", disse o ministro. Ele afirmou, porém, que "a representação sindical é importante para servir de contrapeso no mundo do trabalho" e que "os sindicatos prestam serviços extraordinários de defesa da categoria que representam".

 

(Reprodução)
 
 
(0) comentário(s)
07.Abr.2017 - 06:54
 
Homenagem ao Dia do Jornalismo
 

(Fotocomposição: 97NEWS)
 
(0) comentário(s)
publicidade
06.Abr.2017 - 07:51
 
Reforma trabalhista recebe 844 emendas; relatório deverá ser apresentado no próximo dia 12
Informações da Agência Brasil
 
 

(Foto: Reprodução)
 

O relatório do Projeto de Lei (PL) 6.787/16, que trata da reforma trabalhista, deve ser apresentado na Câmara dos Deputados na próxima quarta-feira (12). Ao todo, o projeto recebeu 844 emendas nos 13 pontos abordados pela reforma. O relator, deputado Rogério Marinho (PSDB/RN), criou uma força-tarefa para agrupar as propostas de acordo com os temas tratados pelos parlamentares em suas sugestões. A equipe vai trabalhar no próximo fim de semana para cumprir o prazo estabelecido pelo relator.“O volume de emendas que recebemos é uma demanda reprimida não para uma minirreforma, mas para uma reforma estruturante das relações de trabalho no país. O número de emendas nos dá uma responsabilidade maior, porque temos o comprimisso de analisar todas”, disse Marinho à Agência Brasil. O deputado também defende a análise do texto pelo plenário da Câmara, mesmo o projeto tendo tramitação conclusiva nas comissões. O PL 6.787/2016 altera as regras da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e outros dispositivos. Também possibilita que, nas negociações entre patrão e empregado, os acordos coletivos tenham mais valor do que o previsto na legislação, permitindo, entre outros pontos, o parcelamento de férias e mudanças na jornada de trabalho.Segundo Rogério Marinho, o parecer inclui ainda uma série de questões não abordadas no PL. “Existe uma série de emendas que tratam de novas formas de trabalho que não estão contempladas na legislação atual. No nossos substitutivo, vamos ampliar o escopo, justamente por esse processo de demanda reprimida, vamos buscar o consenso possível”, ressaltou. Para o relator, a proposta enviada pelo governo visa a modernizar a legislação e desburocratizar o setor, ao preservar empregos e abrir novas oportunidades de trabalho. “Existe hoje um protagonismo excessivo da Justiça do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho, muitas vezes legislando. A regra deve ficar clara e transparente para dar segurança jurídica”, afirmou.

 
(0) comentário(s)
publicidade
05.Abr.2017 - 16:38
 
STF decide que policiais civis não podem mais fazer greve
 

(Foto: 97NEWS)
 

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (5) que policial civil não tem direito de greve. Por maioria de votos, em julgamento recurso do Sindicato dos Policiais Civis de Goiás, os ministros rejeitaram a possibilidade de os agentes cruzarem os braços. A maioria da Corte suprema decretou que é vedado aos policiais civis o exercício do direito de greve - como também a todos os servidores públicos que atuem diretamente na atividade-fim da segurança pública. Foram vencidos os ministros Edson Luiz Fachin, Rosa Weber e Marco Aurélio Mello, votos divergentes da maioria. O placar ficou em 7 a 3. O ministro Alexandre de Moraes considerou que é obrigatória a participação do poder público em mediação instaurada pelos órgãos classistas das carreiras da segurança pública. 

 
(0) comentário(s)
05.Abr.2017 - 08:10
 
Governo manobra na Câmara para acelerar reforma da Previdência no Senado
Congresso em Foco
 
 

Arthur Maia e Carlos Marun são dois dos principais operadores da reforma da Previdência na Câmara | Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasi
 

Para acelerar a votação da emenda constitucional da reforma da Previdência no Congresso, o Palácio do Palácio do Planalto orientou seus aliados no Legislativo a adotarem um rito inédito: três senadores governistas serão indicados para acompanhar os trabalhos finais da comissão especial da Câmara criada para propor alterações nas regras das aposentadorias. O objetivo é tentar negociar um texto com a chancela de um grupo de senadores para acelerar a votação final do texto. A comissão de três senadores terá contato direto com o relator da emenda na Câmara, deputado Artur Maia (PPS-BA), e poderá incluir sugestões antes da definição do texto pelos deputados. “O objetivo é negociar antecipadamente para quando a emenda chegar ao Senado já ter superado as primeiras dificuldades”, disse o presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, Carlos Marun (PMDB-MS). A intenção do Planalto é escolher um dos três senadores como relator e presidente da comissão especial que, pelo regimento, terá que ser formada no Senado para tratar da emenda. A manobra não está prevista formalmente nos regimentos das duas Casas legislativas e mostra o nível elevado de preocupação do governo com o tema polêmico, que já enfrenta dificuldades de aprovação no plenário da Câmara. Pela proposta do governo, já aceita pelo relator Artur Maia, está a definição de 65 anos como idade mínima para que homens e mulheres possam requerer aposentadoria; a instituição da contribuição previdenciária de 5% para o trabalhador rural; mínimo de 25 anos de contribuição para que o trabalhador rural requeira a aposentadoria proporcional; desvinculação dos benefícios previdenciários do reajuste do salário mínimo; elevação de 65 para 70 anos a idade mínima para recebimento de Benefício de Prestação Continuada (BPC); e fim das aposentadorias especiais para policiais, entre outras alterações.

 
(0) comentário(s)
05.Abr.2017 - 07:22
 
Incrível: Jovem deixou 14 livros escritos à mão e criptografados antes de sumir, diz mãe
Informa1
 
 

Bruno Borges, de 24 anos, está desaparecido desde a segunda (27). Sete dias depois, a mãe dele, Denise Borges, falou sobre o mistério que envolve o sumiço do filho.
 

O estudante de psicologia Bruno Borges, de 24 anos, está desaparecido desde a última segunda-feira (27) em Rio Branco. Uma semana após o ocorrido, a mãe dele, a psicóloga Denise Borges, falou mostrando uma série de razões que a fazem acreditar que o caso não se trata apenas de mais um sumiço de pessoa. O desaparecimento do jovem é investigado pela Polícia Civil do Acre. O coordenador da Delegacia de Investigação Criminal (DIC), delegado Fabrizzio Sobreira, afirmou que todas as possibilidades estão sendo consideradas, mas que o caso segue em sigilo. A última vez que os parentes o viram foi durante o almoço convencional com a família, na segunda-feira, após os pais voltarem de uma viagem de mais de 20 dias. Denise conta que Bruno voltou para casa e todos seguiram o dia normal de trabalho. Mais tarde, o pai de Bruno, o empresário Athos Borges, retornou para a residência da família em Rio Branco e percebeu que o filho não estava. “Eu fui a última pessoa a ver o Bruno. Eu deixei ele na esquina de casa e dali eu fui embora. Ele falou até mais pai, e a partir dali a gente não teve mais notícia”. Atrás da porta do quarto, mantida 24 dias trancada enquanto os pais viajavam, no lugar de móveis, uma estátua do filósofo Giordano Bruno (1548-1600), por quem tem grande admiração, orçada em R$ 7 mil, e 14 livros extremamente organizados, escritos à mão. Alguns deles copiados nas paredes, teto e no chão. Todas as obras – identificadas por números romanos – criptografadas. O desaparecimento de Bruno só foi percebido quando o pai entrou no quarto e viu as mudanças que haviam sido feitas no local. “Eu entrei lá e não vi a cama, não vi nada, só vi aquilo tudo. Naquele momento eu vi que o Bruno tinha ido embora”, conta o empresário. Enquanto os pais viajavam, Bruno ficou em casa com o irmão gêmeo Rodrigo Borges, que não quis comentar o caso, e Gabriela Borges, a irmã mais velha. “Ele falava que era o projeto dele, eu questionava ele porque eu, como irmã, não poderia saber o que era o projeto e ele me disse que iria me contar o que era em duas semanas. As pessoas falam porque que você não foi lá e abriu aquela porta? As pessoas têm que entender que não se tratava de uma criança, ele é um adulto e tem a privacidade dele, me incomodava, mas eu não podia arrombar a porta”, disse Gabriela. A irmã conta ainda que Bruno chegou a deixar uma chave que relaciona letras aos símbolos e, com base nisso, os irmãos conseguiram traduzir algumas coisas. “O título de um dos livros é ‘A teoria da absorção do conhecimento'”, contou Gabriela.

Continue lendo...
 
(0) comentário(s)
publicidade
04.Abr.2017 - 09:11
 
Prefeitura de Brumado pretende disponibilizar água bruta da Barragem do Rio do Antônio para à população
Redação 97NEWS
 
 

A Barragem do Rio do Antônio, após as últimas chuvas, está com sua capacidade de armazenamento quase total (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)
 

Os constantes e rígidos períodos de estiagens que vêm assolando o município de Brumado nos últimos anos, os quais deixam, principalmente, a população do meio rural, muito apreensiva, já que os reservatórios ficam muito comprometidos, teria sido a motivação para um projeto interessante que deverá ser operacionalizado em breve pela atual gestão municipal, o qual teria como base a antiga Barragem do Rio do Antônio, que, atualmente está quase sem utilidade, já que o abastecimento está sendo feito, segundo informações, praticamente 100% com as águas advindas da Barragem de Cristalândia. Segundo o próprio prefeito Eduardo Vasconcelos, a administração municipal mandará fazer vários testes sobre a real qualidade da água armazenada na Barragem do Rio do Antônio, para, em seguida, instalar vários chafarizes na cidade, onde será distribuída água bruta para a população que poderá utilizá-la para uso doméstico, o que poderia amenizar as fortes e sucessivas crises no abastecimento. 
 

A Barragem de Rio do Antônio teria totais condições para atender os objetivos do projeto (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

 

Vale ressaltar que a água não seria para uso potável, mas, mesmo assim, seria de grande utilidade para muitas famílias que acabam sendo atingidas com a queda no fornecimento, como aconteceu novamente neste ano de 2017, onde devido à queda do volume de armazenamento da Barragem de Rio de Contas, várias localidades ficaram à beira do colapso, valendo lembrar ainda, os sucessivos problemas na qualidade da água distribuída, que teve um forte odor indesejável, não podendo ser quase utilizada para banhos e nos afazeres domésticos. Não houve anúncio da possível data que o projeto será efetivado, mas acredita-se que ainda neste ano de 2017, alguns chafarizes, como o da foto abaixo, podem já estar servindo a população em pontos estratégicos. O grande desafio, porém, será a permissão da Embasa para a retirada da água e a sua posterior distribuição, já que a empresa poderá ter prejuízos com o projeto.

 

(Foto: Reprodução)
 
 
(0) comentário(s)
publicidade
03.Abr.2017 - 17:30
 
Brasil: Lei nacional cria programa de castração de cães e gatos
Por Folha de S. Paulo
 
 

Foto: Reprodução
 

O presidente Michel Temer (PMDB) sancionou lei na última sexta-feira (31) que cria uma política de controle de natalidade de cães e gatos por meio de cirurgia de esterilização ou outro procedimento “que garanta eficiência, segurança e bem-estar ao animal”. O programa de castração vai considerar um estudo das localidades que necessitem de atendimento prioritário ou emergencial, seja por superlotação ou por quadros epidemiológicos. Animais que vivam em comunidades carentes terão prioridade para serem atendidos. A Lei nº. 13.426/2017, publicada na edição desta sexta-feira (31) do Diário Oficial da União (DOU), determina também a execução de campanhas educativas sobre a guarda responsável de animais de estimação. “Existe uma série de zoonoses que são transmitidas por esses animais em condições em que eles não têm um controle sanitário efetivo. Como eles são vetores para algumas enfermidades e são hospedeiros intermediários de outras, certamente essa superpopulação acaba afetando a saúde pública”, afirma Julio Barcellos, presidente da Comissão Nacional de Assuntos Políticos do CFMV (Conselho Federal de Medicina Veterinária). A lei foi sancionada com dois vetos. Um se refere ao estabelecimento de prazo para a que os municípios que não possuem unidades de controle de zoonoses se adaptem às novas regras. Temer considerou que a obrigação invade a autoridade municipal, e acabaria provocando insegurança jurídica. Outro veto diz respeito ao pagamento das despesas da implementação do programa, que teria origem da seguridade social da União. O presidente avalia que esse dispositivo atrela recursos da seguridade social a um programa que não está vinculado diretamente à saúde.

 

 

 
(0) comentário(s)
publicidade
 
Rádio Alternativa FM 97,9
 
Últimos Eventos
 
 
Mais vídeos
 
publicidade
 
Comentários
 
Webiston Barbosa Reis em:
Esporte e Educação: Vereadora Lia Teixeira é autora de importante projeto que institui as Olimpíadas Escolares de Brumado
 
Adão Azevedo Chaves em:
Waldenor condena reforma trabalhista e convoca população a aderir à greve geral na sexta-feira (28)
 
Maura Matos em:
Brumado: Desabafo de cliente chama a atenção para aplicação integral do Código de Defesa do Consumidor no comércio local
 
Paulo A. Dias em:
Vereadores trocam socos em sessão da Câmara do município de Correntina; veja
 
 
 
Categorias
 
97 News © 2010-2017. Todos os direitos reservados.
 [email protected]
Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções