ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Bandidos arrombam loja de móveis e ‘fazem a limpa’ no cofre

Desapropriação: ‘Estou sendo perseguido por fazer oposição ao prefeito’, afirma ‘Osmani da Borracharia’

Governador Valadares: Acidente com ônibus, carreta e caminhonete deixa mortos e feridos na BR-116

Rui autoriza início imediato de construção da Policlínica Regional de Saúde em Paulo Afonso

‘A situação está cada dia pior’, protestam moradores da região de Furado de Maria Nova

Morre, aos 81 anos, Waldyr Sant'anna, primeiro dublador de Homer Simpson

Endocrinologista Drª Minelli Salles na Clínica Master

Brumado: Empossados os novos membros do CMAS para o biênio 2018/2020

Brumado: Campanha de Vacinação contra a Gripe se inicia hoje (23); Dia D será 12 de maio

Enem: mais de mil provas podem ter sido fraudadas no ano passado

Inscrições para o Encceja terminam na próxima sexta-feira

Criança de 2 anos morre após ser espancada pelo padrasto em Barra da Estiva

Municípios do sudoeste baiano debatem a saúde pública na Bahia em Oficina de Gestão

Endureceu: ‘Essa situação dos cães errantes é uma vergonha para Brumado’, dispara Zé Ribeiro

Dois jovens morrem em acidente de moto na BA-156 entre as cidades de Jacaraci e Mortugaba

Controlar como as crianças usam a tecnologia: prevenção ou invasão de privacidade?

Concurso da Polícia Civil da Bahia acontece neste domingo

Sindicato oferece recompensa de R$ 10 mil por informações sobre a morte do delegado Marco Torres

Brumado: ‘Os vereadores do bairro são oposição, mas o povo tem que ser a situação da vez’, protestam moradores da Benjamim Santos

Lia Teixeira comemora assinatura do convênio da FUNASA para inícios das obras do sistema de abastecimento de Cristalândia e região



BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

Câmara deve votar na segunda aumento de penas para crimes relacionados à pirataria

A Câmara de Deputados deve votar nesta segunda-feira (2) o projeto de lei 333/99, que aumenta penas para quem comete crimes relacionados à pirataria. De acordo com a Agência Brasil, o projeto, que define direitos e obrigações relativos à propriedade industrial, tramita há nove anos no Congresso para estabelecer maiores penas em casos de crimes de falsificação. Atualmente a pena máxima é um ano de prisão em regime aberto ou semiaberto, com a aprovação do projeto passaria para três a quatro anos em regime fechado. Além disso, uma das pautas prioritárias para o governo neste ano, a segurança pública pode estar no centro dos debates na terça-feira (3), com a análise do Projeto de Lei 3734/12, que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp). O projeto tem como eixo central a integração entre os órgãos policiais para que os entes federados compartilhem informações com o Ministério da Segurança Pública.



Temeroso, Temer fará pronunciamento para rechaçar especulações

(Foto: Reprodução)

O presidente Michel Temer avalia fazer uma declaração nesta terça-feira, 3, durante a festa de filiação do ministro Henrique Meirelles (Fazenda) ao MDB, para se defender das investigações do Decreto dos Portos, que prenderam três amigos dele na última quinta-feira. Nesta Sexta-feira da Paixão, o emedebista se reuniu no Palácio do Jaburu com ministros e o advogado Antonio Claudio Mariz. Eles decidiram divulgar uma nota contestando as investigações e avaliaram também a necessidade de um pronunciamento para se defender. Sem que ministros tenham, até o momento, saído em sua defesa, Temer considera necessário um discurso que municie a base aliada a defendê-lo sobretudo no debate no âmbito da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), caso Raquel Dodge faça nova denúncia. A exemplo do que fez com o Rodrigo Janot, quando o acusou de tentar condená-lo sem provas, o presidente vai voltar a dizer que “não há absolutamente nada de irregular” no decreto que justifica um novo pedido de investigação pela procuradora-geral, Raquel Dodge. Outro ponto que Temer pretende explorar é o já mencionado em nota oficial divulgada pelo Planalto de que “querem tirá-lo da vida pública”. “O atropelo dos fatos e da verdade busca retirar o presidente da vida pública, impedi-lo de continuar a prestar relevantes serviços ao país”, diz o texto.



Criminosos invadem igreja evangélica e levam cofre vazio; veja vídeo

(Reprodução Youtube)

Uma igreja evangélica foi arrombada na última quinta-feira (29) em Campina Grande, na Paraíba. Os criminosos conseguiram levar um cofre do local. A ação dos criminosos aconteceu por volta das 3h da madrugada. Eles invadiram a igreja Verbo da Vida armados e com os rostos cobertos. O cofre que levaram, entretanto, não estava com dinheiro. Os ladrões fugiram em um carro branco. Havia um vigilante na igreja, mas ele não reagiu por estar desarmado. O vídeo abaixo circulou nas redes sociais e mostra o momento do roubo.



Mega-Sena pode pagar prêmio no valor de R$ 35 milhões hoje (31)

(Foto: Reprodução)

O sorteio 2.027 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 35 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) deste sábado (31) em Canela (RS). As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50. A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.



Com rombo de R$ 19,2 bilhões, contas do governo voltam ao vermelho em fevereiro

Foto: Reprodução

As contas do governo voltaram a apresentar prejuízo no mês de fevereiro. As despesas excederam as receitas em R$ 19, 293 bilhões, segundo números divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional. Entretanto, os gastos com o pagamento de juros da dívida pública não entraram nessa conta. Apesar do resultado no vermelho, esse foi o melhor desempenho para um mês de fevereiro desde 2015, quando o prejuízo foi de R$ 7,429 bilhões. Mesmo com o rombo em fevereiro, o desempenho acumulado do primeiro bimestre tem saldo positivo. O superávit (resultado positivo) nos dois primeiros meses foi de R$ 11, 763 bilhões, desempenho melhor que o mesmo período do ano passado, quando foi registrado prejuízo de R$ 8,332 bilhões. O resultado positivo neste primeiro bimestre foi motivado pelo superávit primário de R$ 31, 069 bilhões. O desempenho pode ajudar o governo a cumprir a meta fiscal para esse ano. Em 2018, o governo está autorizado a ter um prejuízo de R$ 159 bilhões. Para tentar alcançar a meta, o governo anunciou um bloqueio de R$ 18,2 bilhões no orçamento de 2018. Tesouro Nacional também informou que o rombo da Previdência Social foi de R$ 14, 472 bilhões em fevereiro. No primeiro bimestre, o valor acumulado é de R$ 28, 926 bilhões,  7,5% maior que o registrado no mesmo período do ano passado. A previsão da última revisão do orçamento do governo é da conta fechar no vermelho, prejuízo de $ 196, 636 bilhões, contra um resultado também negativo de R$ 182,45 bilhões de 2017.



Senado pode criar prêmio de direitos humanos em homenagem à Marielle Franco

Para Randolfe Rodrigues, "ao tentarem calar a voz cidadã de Marielle, a multiplicaram ensurdecedoramente, e sua memória merece ecoar por toda a nossa História, como um símbolo da promoção dos direitos

Projeto de resolução recentemente apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) institui, no Senado Federal, o Diploma de Direitos Humanos Marielle Franco, que será concedido a pessoas que tenham oferecido contribuição relevante à defesa dos direitos humanos no Brasil. A proposta está na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), sob a relatoria da senadora Ângela Portela (PDT-RR), e deve ser votada em breve. O PRS 7/2018O PRS 7/2018 estabelece que a premiação ocorrerá anualmente e será entregue aos agraciados em sessão do Senado preferencialmente no dia 10 de dezembro, data em que é comemorado o Dia Internacional de Direitos Humanos.



Médico morre atropelado enquanto pagava promessa pela cura de um câncer

(Foto: Reprodução)

O urologista Luiz Carlos Cantanhede, de 56 anos, foi atropelado por um motorista com sinais de embriaguez, identificado como Gilson Carlos Barros Ferreira, de 32 anos. O médico, que também era ciclista, caminhava a pé, com a família, rumo à São José de Ribamar, no litoral do Maranhão. Ele estava pagando uma promessa por ter vencido um câncer. Luiz Carlos chegou a ser socorrido e levado ao Hospital São Domingos, mas não resistiu. De acordo com informações preliminares da Polícia, o autor do atropelamento dirigia em alta velocidade, na pista molhada e com indícios de que havia consumido álcool. Gilson pediu a um agente penitenciário que passava na hora do acidente que o levasse ao Quartel da PM Canaã, por medo de ser linchado. Após isso, foi conduzido para o Plantão do Maiobão, onde presta depoimentos agora.



Mega-Sena: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula em R$ 30 mi

(Foto: Reprodução)

Ninguém acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 2.025 da Mega-Sena e o prêmio acumulou em R$ 30 milhões. O sorteio aconteceu ontem às 20h na cidade de Campo Limpo Paulista, em São Paulo. Os números sorteados foram: 04 - 24 - 46 - 52 - 55 - 56. A Quina teve 53 acertadores. Cada um levou R$ 47.718,26. Outras 3.730 pessoas acertaram na Quadra. O prêmio para cada uma é R$ 968,62. A estimativa de prêmio era de R$ 25 milhões. O concurso 2.026 da Mega-Sena acontece na próxima quarta-feira (28).



Quando a pauta é a narrativa

Vereadora carioca Marielle Franco (Foto: Reprodução)

O brutal assassinato da vereadora carioca Marielle Franco descortinou uma disputa narrativa que diz muito sobre as relações entre jornalismo e poder no Brasil contemporâneo. Da explicitação da difusão de fake news por políticos e magistrados à tendência de direcionar as abordagens em torno do trágico acontecimento para o seu aspecto mais emocional em detrimento da dimensão política, a morte de Marielle abriu novas séries discursivas. Os paralelos com as jornadas de junho de 2013 sinalizam a retomada de pautas que estavam sufocadas seja pela própria desarticulação da esquerda, seja pela “jogada de mestre” propagada pelo Presidente Temer ao impor a intervenção militar no Rio de Janeiro, num discurso inflado pela grande mídia de redução do combate à violência às forças da repressão. Análise de Fernando Rodrigues no portal Poder 360 vê no assassinato da jovem liderança pontos em comum com 2013: “Ali começou o mau humor dos brasileiros contra a política tradicional. Agora, pode ser que uma nova onda antiestablishment esteja em formação.”

A palavra de ordem da multidão reunida nas grandes cidades brasileiras e ecoada nas redes sociais — Mariele Presente — é representativa desse desejo de mudança. Na edição de domingo da Folha de S.Paulo, Jânio de Freitas anotou: “Não é sem razões muito profundas, como podem ser a saturação e uma consciência definitiva, que um país vive a sua comoção com a maturidade vista na celebração por Marielle. O que isso nos diz, ainda, não sabemos.”

Os desdobramentos ainda imprecisos da morte de Marielle passam pela disputa narrativa entre visões opostas: a primeira esvaziada politicamente e a segunda capaz de dar vida aos discursos e práticas que justificaram a trajetória de Marielle e foram também a causa de sua execução. Glenn Grenwald, no the intercept Brasil, captou o dilema numa crítica à cobertura no Fantástico no último domingo, considerada por ele como tentativa de retomada da narrativa pela grande mídia.

“Esse não foi um caso em que a cobertura da Globo elevou uma história à proeminência nacional. Muito pelo contrário: O que nós vimos foi a Globo tentando assumir o controle de uma história que explodiu online graças ao ativismo cidadão e à raiva inconformada causada pelo crime, sem que se precisasse de ajuda ou amplificação dos grandes veículos de imprensa. Essa é uma das poucas vezes em que a grande mídia brasileira foi uma espectadora, não o motor, de uma história.”

Greenwald reconhece passagens de bom jornalismo no Fantástico e considera comovente a entrevista com a companheira de Marielle, Maria Teresa. “Esse não foi um momento insignificante na mídia brasileira: uma negra, lésbica, da Maré e do PSOL homenageada e glorificada numa das plataformas de mídia mais importantes da Globo, com milhões de pessoas assistindo. A esposa de Marielle foi incluída com destaque, e não escondida.”

O que faz a relevância jornalística do caso de Marielle, aponta Greeenwald, é o aspecto político ausente na revista dominical. “O Fantástico drenou a política de Marielle de sua vibração, seu radicalismo e sua força, e a converteu em um gibi simplista de clichés vazios que, na prática, não seriam questionados por ninguém”, conclui a análise.

Na mesma linha de Greenwald, a Professora Ivana Bentes, propôs, no site do Mídia Ninja, uma abordagem complexa dos vários fatores envolvidos na cobertura.

“A reação das mídias corporativas foi imediata: Fantástico, o RJ TV, o Jornal Nacional novelizaram a execução de Marielle Franco, e fizeram um perfil humano e digno de sua vida, nos apresentando sua família, sua filha, sua mulher embalados para aquele consumo anestesiante, como fizeram com vários outros personagens políticos, inclusive com uma parte da indignação de 2013 que foi canalizada para o golpe de 2016. Mas as coisas são mais complexas que isso e é possível mesmo celebrar a posição da Globo à esquerda da direita!

O Fantástico e a cobertura massiva de um assassinato político faz o que é possível para colar o carisma de Marielle, sua cara iluminada, seu sorriso lindo, de jovem negra vitoriosa vinda da favela contra o poder de morte do Estado, aos arquétipos de sua teledramaturgia.

O capitalismo trabalha com a potência, se apropria da potência. Sempre tivemos uma bipolaridade no tratamento que a Globo dá as questões de comportamento e do imaginário e as questões do embate econômico-político.

São liberais no comportamento (homoafetividade, comportamentos disruptivos da juventude, afropunk, cultura trans, a potência ligada aos desejos), e traduzem isso como a “periferia legal”, o “novo”, o hype, etc.

A esquizofrenia e perversão é que os mesmo sujeitos do discurso e da potência, transformados em personagens de um multiculturalismo não problemático, são os “elementos suspeitos” e matáveis para o Estado, a polícia e o exército, e recebem respaldo da mídia.

A negra linda e descolada, as Marielles politizadas, as minas pretas com seus cabelos coloridos, o jovem hype da periferia, eles são os mesmos que são matáveis! Essa “dissociação” é perversa! Dissociação cognitiva, política, uma operação de mídia e de linguagem.

Temos sim que celebrar a posição da Globo contra a difamação, as fake news, o discurso de ódio e a apresentação pedagógica da cartilha dos direitos humanos para um contingente que faz apologia da barbárie.

Ou seja, não adianta achar que o PSOL não deveria colaborar com a Globo, e nem que suas lideranças não deveriam aparecer no Fantástico! Seria desinteligente! Ainda mais com a audiência gigantesca que tiveram. Pois sabem vocalizar a potência dos corpos e do imaginário.

Vamos aprender com a Globo, com a publicidade, com Hollywood, a tal da disputa das narrativas”.

Os moradores das periferias brasileiras que conseguem transpor as barreiras históricas de exclusão e se constituem como sujeitos de suas narrativas instauram uma nova força política. Mas a cobertura da grande mídia se distância, com algumas exceções, desse universo e privilegia os assépticos gabinetes palacianos.

O vídeo do YouTuber Spartakus Santiago é um comovente retrato de nosso tempo. Ele e seus companheiros dão dicas do que os negros favelados devem fazer para sair com vida de uma abordagem policial. Essa política que não morre com Marielle pode ser o ponto de transformação. Quanto de nós não a conhecíamos antes de sua covarde execução?

Numa de suas últimas entrevistas, divulgada pela Ponte Direitos Humanos, justiça e segurança pública, Marielle explicita a importância de se contrapor ao discurso da intervenção militar como solução para a violência na sociedade.

“Quais são as alternativas que a gente tem para mudar essa narrativa? Porque eles ganham nessa narrativa que é o debate da segurança. Pra mim, o debate é da segurança do corpo do favelado e da favelada (…). Ao invés da gente falar em algum nível de política de segurança, se fala de militarização, de ministro da defesa, de incursões na vida das pessoas sem considerar o direito.”

As possibilidades de mudança da narrativa se acentuam com Marielle transformada em símbolo mundial e podem ser sintetizadas pelo questionamento da vereadora na última entrevista: “Quem vigia o vigia?”. As cobranças da sociedade sobre o jornalismo farão com que ele seja capaz de desempenhar esse papel e se colocar ao lado dos que sofrem com a violência na periferia, vinda de todos as direções?

CONTINUE LENDO


Mega-Sena pode pagar R$ 25 milhões neste sábado (24)

(Foto: Reprodução)

O apostador que acertar sozinho as seis dezenas do concurso nº 2.025 da Mega-Sena pode faturar o prêmio de R$ 25 milhões. O sorteio acontece neste sábado (24), a partir das 20h (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte da Caixa, Campo Limpo Paulista (SP). A aposta mínima custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h, em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas do país. Clientes da Caixa pode fazer a aposta pelo internet banking. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios (quartas e sábados), quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte. Segundo a Caixa, se apenas uma pessoa levar o prêmio principal e aplicar todo o valor na poupança, receberá cerca de R$ 100 mil em rendimentos mensais. Se preferir, poderá comprar 41 imóveis no valor de R$ 600 mil, cada um, ou 125 carros de luxo.



Brasil: Belo Monte não será multada por apagão no Nordeste e Norte

Foto: Divulgação

Embora o apagão ocorrido nesta semana tenha sido por falha em uma estação da Belo Monte Transmissora de Energia, a empresa não será multada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), responsável por fiscalizar o setor. De acordo com a coluna Mercado Aberto, do jornal Folha de S. Paulo, há um período de carência para empreendimentos novos que permite a não penalização da companhia dentro do prazo de seis meses a contar da assinatura do contrato. Como o contrato foi firmado em dezembro, a empresa não será punida por se encontrar dentro do prazo de isenção de penalidade. Esse prazo, afirmou a companhia, é destinado a ajustes e testes. O curioso nessa regra é que, em 25 de dezembro, a Aneel alterou alguns pontos. Entre eles, estava o fim do referido tempo de carência. No entanto, a medida da agência só poderia entrar em vigência passados 180 dias. O apagão aconteceu faltando três dias para a nova regra passar a valer. 



Falha em linha de Belo Monte causa apagão em 13 Estados do Norte e Nordeste

O excesso de energia levou ao desligamento das usinas de geração (Foto: Luciano Santos l 97News)

A queda ocorreu por conta de erro na calibração do disjuntor, equipamento que faz o controle automático da energia que passa pela linha. O componente estava calibrado para receber até 3.700 megawatts (MW) de potência, em vez de mais de 4 mil MW, como deveria. Nesta quarta-feira, 21, quando a transmissão atingiu esse volume limite, o disjuntor simplesmente caiu, paralisando todo o resto da rede. De acordo com Luiz Eduardo Barata Ferreira, a falha provocou a separação dos subsistemas Norte e Nordeste. Agora, a linha de transmissão Xingu-Estreito aguarda autorização para dobrar a carga de energia transportada, informou o Operador Nacional do Sistema (ONS). Atualmente, esse sistema tem autorização para operar de forma comercial com 2 mil MW de energia. 

Foto: Reprodução l ONS

No fim de semana, porém, os testes para operação com 4 mil MW foram concluídos com sucesso. A linha de transmissão, que custou cerca de R$ 5 bilhões, tem início no município de Anapu, no Pará, a 17 quilômetros de distância da usina, e corta 65 municípios de quatro Estados - Pará, Tocantins, Goiás e Minas Gerais -, até chegar ao município de Estreito, na divisa de Minas e São Paulo. A concessionária Norte Energia, dona da hidrelétrica de Belo Monte, descumpriu 23 medidas técnicas de segurança que tinham o propósito de evitar desligamentos de suas operações. O não atendimento às exigências levou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a notificar a concessionária há menos de um mês, no dia 23 de fevereiro.



Saúde: 88% dos celulares em salas cirúrgicas estão contaminados

Foto: Reprodução

Ricos em funções e aplicativos, os smartphones é o objeto pessoal presente no dia a dia de profissionais das mais variadas atividades. Agora, isso começa a ser questionado na medicina. Um estudo microbiológico desenvolvido pelo cirurgião Cristiano Berardo, da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), acendeu o alerta. Cerca de 88% dos celulares de cirurgiões, anestesistas, enfermeiros e outros profissionais dentro da sala da cirurgia no momento das operações estavam colonizados por bactérias relacionadas a infecções hospitalares. A pesquisa fez uma avaliação nos aparelhos de 50 profissionais que trabalhavam no bloco cirúrgico cardíaco do Hospital Português, no Recife, que faz cerca de 80 operações com tórax aberto por mês. Foram encontradas bactérias em 44 smartphones. A Staphylococcus coagulase negativa, da mesma família da bactéria comum nas infecções de ferida operatória de cirurgias cardíacas, foi a mais frequente. Também foram encontradas as bactérias Bacillus subtillis e Micrococcus. A infecção na ferida é uma das preocupações do pós-operatório. A avaliação foi feita passando hastes flexíveis na superfície dos celulares e analisando o material coletado. Berardo diz que o hábito de deixar celulares em salas de cirurgia é comum em unidades de saúde. A infectologista Carla Sakuma, da Sociedade Brasileira de Infectologia, diz considerar os dados preocupantes. “Analisar 50 celulares pode até parecer pouco significativo, mas nós, profissionais de saúde, sabemos que a prática existe e é comum em muitos hospitais”, afirma. Em uma nota técnica, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) orienta os centros de saúde a criar “estratégias e ações que alertem as equipes de saúde para adoção de comportamentos para prevenir transmissão relacionada ao uso dos celulares”.



Revogada regra que exigia curso de prova para renovação de CNH

Foto: Reprodução

Ministério das Cidades informou na noite deste sábado (17) que a norma que mudava as regras para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) será revogada. Segundo a pasta, o objetivo da revogação é não alterar a vida de quem precisa renovar a carteira, além de "reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro". Pela resolução, que entraria em vigor no próximo dia 5 de junho, os motoristas que fossem renovar a CNH precisariam fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico (atualmente obrigatório). A resolução também previa que o motorista deveria fazer duas balizas para tirar a 1ª CNH e estabelecia que a carteira para moto passaria a exigir exames nas ruas. "Por determinação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Maurício Alves, revoga a resolução 726/2018 que torna obrigatória a realização e aprovação em Curso de Aperfeiçoamento para renovação da Carteira Nacional de Habilitação", diz a nota do ministério. De acordo com a assessoria da pasta, a revogação será formalizada "no próximo dia útil", entre segunda (19) e terça (20) da próxima semana.



Vai mudar: Motoristas precisarão fazer curso e prova teórica para renovar a CNH

Foto: Reprodução

Os motoristas que precisarem renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a partir de junho deste ano precisarão fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico que já era obrigatório. A mudança na lei foi publicada na última semana por meio de uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que redefiniu a formação de condutores no país. Até 5 de junho, renovar a CNH das categorias A e B (motos e veículos de passeio) exige apenas o exame médico. Curso de Aperfeiçoamento para Renovação da CNH deve ser feito ao renovar a CNH (a cada 5 anos); Duração de 10 horas/aulas (máx. de 5 horas/dia); Pode ser presencial ou à distância; Prova teórica com 30 questões de múltipla escolha. Exigência de 100% de frequência e 70% de acertos no exame; Ainda não há definição sobre o preço. Estão dispensados deste curso apenas os motoristas que realizam atividades remuneradas em veículos, como transporte de carga e passageiros. Mas estes profissionais também passarão por outro curso específico, de maior duração, a cada 5 anos. Em caso de reprovação no exame, o condutor poderá fazer uma nova prova 5 dias depois da divulgação do resultado. De acordo com o Denatran, as mudanças foram feitas a partir de estudos e depois de reuniões com representantes do setor para padronizar a formação de condutores no Brasil. 



Temer diz que não pretende acabar com Bolsa Família; programa deve ter reajuste

Foto: AgBr

O presidente Michel Temer afirmou nesta quarta-feira (14) que não pretende acabar com o Bolsa Família e que o programa deve receber aumento em breve. Temer fez a declaração durante sua participação na abertura do Fórum Econômico Mundial para a América Latina, que ocorre em São Paulo. “Eu não estou pregando isso [a eliminação do Bolsa Família], estou pregando a manutenção, que aliás, ganhou um aumento no início do meu governo e deverá muito proximamente ganhar um novo aumento. Então, estamos pregando que haja uma evolução no tópico da responsabilidade social”, esclareceu Temer. Em seu discurso de apresentação, Temer admitiu que a pobreza extrema é um dos desafios do país e explicou que o objetivo de seu governo é evitar que programas assistencialistas ainda estejam na pauta do país nos próximos anos. Pra isso, ele defende uma “evolução” do programa até sua possível eliminação a longo prazo.

 



Mega-Sena acumulada paga R$ 52 milhões em sorteio desta quarta-feira (14)

Foto: Conteúdo l 97News

Acumulada há seis semanas, a Mega-Sena paga nesta quarta-feira (14) o prêmio de R$ 52 milhões para o apostador que acertar as seis dezenas sorteadas no concurso 2.022. As apostas podem ser feitas até as 19h do dia do sorteio. O último concurso foi realizado no sábado (10), quando foram sorteados os números 07-14-32-37-40-60. O ganhador do prêmio poderá aplicar o montante na poupança e obter R$ 208 mil em rendimentos, valor suficiente para comprar seis carros populares a cada 30 dias. A última vez que o valor máximo da Mega-Sena saiu foi no concurso do dia 17 de fevereiro, quando uma aposta de Curitiba (PR) ganhou R$ 104 milhões.



Com mais de 80 anos no ar, Câmara dos Deputados aprova flexibilização do horário da Voz do Brasil

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Voz do Brasil, programa de rádio com mais de 80 anos no ar que transmite as ações dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário federais, terá o horário flexibilizado. A Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que permite às rádios iniciar a Voz do Brasil entre 19h e 21h. Até agora era obrigatório transmitir ao vivo, às 19h. A matéria tramita há 15 anos no Congresso. O projeto de lei previa, inicialmente, que a Voz fosse transmitida também na televisão, mas as mudanças feitas ao longo do tempo retiraram a ideia original e permitiram a flexibilização. Os opositores tentaram adiar a votação, sem sucesso. Os parlamentares afirmaram que a mudança significa o enfraquecimento do programa que leva informações sobre políticas públicas e mostra a diversidade de opiniões políticas do Congresso, principalmente para área rural. Já os favoráveis a flexibilização argumentaram que o programa não vai acabar e, sim, dar a opção para que as rádios coloquem no ar outras transmissões, como jogo de futebol ou informações sobre o trânsito. O projeto de lei foi defendido pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert). A matéria, agora, vai para sanção do presidente Michel Temer.



Bebeto de Freitas morre após passar mal na Cidade do Galo

Bebeto de Freitas passou mal na Cidade do Galo, onde apresentou o novo time de futebol americano do clube (Foto: Divulgação)

O clima festivo que vivia a Cidade do Galo, na tarde desta terça-feira, foi interrompido abruptamente com a informação de que o diretor de administração e controle do Atlético, Bebeto de Freitas, passou mal, minutos após ele ter participado do lançamento oficial do time de futebol americano do Atlético. O gestor  acabou falecendo mesmo após receber atendimento médico.  De acordo com informação recebida pelo Super FC, o dirigente sofreu uma parada cardíaca e foi atendido em seguida pelo médico atleticano Marcos Vinícius. Um helicóptero e duas ambulâncias foram acionadas pelo Atlético na Cidade do Galo para fazer atendimento ao dirigente.  Bebeto de Freitas estava em um evento no hotel da Cidade do Galo referente a apresentação do time de futebol americano, quando passou mal. O dirigente já caiu desacordado e recebeu os primeiros atendimentos médicos, mas acabou não resistindo.

 



Trabalhadores dos Correios iniciam nova greve a partir de hoje (12)

(Foto: Luciano Santos | 97NEWS Conteúdo)

Os trabalhadores dos Correios entram em greve nesta segunda-feira, 12, em todo o Brasil, por tempo indeterminado. O principal motivo da paralisação é evitar mudanças no plano de saúde dos funcionários, que envolvem a cobrança de mensalidades do titular e de dependentes. Funcionários que trabalham de madrugada paralisaram as atividades a partir das 22h deste domingo, 11. A categoria cruza os braços no mesmo dia em que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) começa julgamento referente ao plano de saúde, depois de trabalhadores e empresa terem, sem sucesso, tentado chegar a um acordo sobre a questão. Em nota, o Correios disse que "aguarda uma decisão conclusiva por parte do tribunal para tomar as medidas necessárias, mas ressalta que já não consegue sustentar as condições do plano, concedidas no auge do monopólio, quando os Correios tinham capacidade financeira para arcar com esses custos".